O evento

15º Festival de Cinema Italiano

Há exatamente 15 anos nascia, dentro da sede da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria de São Paulo, um projeto que tinha como objetivo a promoção do novo cinema italiano com a apresentação de 7 filmes durante 7 dias, nas salas de cinema da cidade de São Paulo. Começava assim, a Semana do Cinema Italiano Contemporâneo.

Após três anos e com o apoio das principais instituições italianas para a promoção do setor cinematográfico o evento se tornou um festival, divido em duas categorias: Retrospectiva, que a cada ano proporciona uma seleção de filmes clássicos e contemporâneos, que apresenta filmes recentes e inéditos no Brasil.

Além das sessões, mostras, palestras e workshops, o Festival de Cinema Italiano no Brasil instituiu um prêmio em dinheiro para o melhor filme, segundo a votação do público. É único na categoria no Brasil.

Em 2020, ao completar 15 anos de existência, o festival se reinventa mais uma vez. Em tempos de Covid-19, os filmes e demais eventos da programação serão realizados numa plataforma virtual e chegarão em todos os cantos do imenso Brasil, superando todas as barreiras geográficas e sociais. Mesmo durante a pandemia, o maior e mais antigo Festival de Cinema Italiano no Brasil, continua com o seu incansável objetivo de levar o melhor da cinematografia italiana para todo o público brasileiro.

Nesta edição, apresentamos a “Retrospectiva das Estrelas” com 12 dos melhores filmes italianos de sempre. A retrospectiva será inaugurada com o clássico “O Carteiro e o Poeta” de Michael Radford, com a inesquecível “Beatrice” vivida pela belíssima Maria Grazia Cucinotta. Fazem ainda parte da seleção das estrelas Pier Paolo Pasolini com a comédia “Gaviões e Passarinhos” (Uccellacci e Uccellini), no elenco o mítico Totó; Michelangelo Antonioni com “A Aventura” (L’Avventura), com as belas Monica Vitti e Lea Massari; Luchino Visconti com “Rocco e seus irmãos” (Rocco e i suoi fratelli) protagonizado por Alain Delon e “Morte em Veneza” (Morte a Venezia), baseado no romance homônimo de Thomas Mann e que também aborda a chegada da cólera asiática em Veneza; Ermanno Olmi com “O segredo do bosque velho” (Il secreto del bosco vecchio), baseado no romance do escritor italiano Dino Buzzati; Roberto Benigni com a hilariante comédia “O pequeno diabo” (Il piccolo diavolo) com a participação da atriz italiana de todos os tempos, Stefania Sandrelli; e os mais recentes “Habemus Papam” do polêmico Nanni Moretti; “César Deve Morrer” (Cesare deve morire) dos irmãos  Paolo e Vittorio Taviani, vencedor do Urso de Ouro no 62º Festival de Berlim; “Viva a liberdade” (Viva la libertà) de Roberto Andò, uma comédia sobre os bastidores do governo italiano; “Belos Sonhos” (Bei Sogni) de Marco Bellocchio, que retrata dramas familiares e religiosidade e o último vencedor da estatueta do Oscar, a beleza provocante de “A grande beleza” (La grande bellezza) de Paolo Sorrentino.

O Festival traz na Mostra Cinema Contemporâneo Italiano grandes nomes da cinematografia italiana, como Gianni Amelio, Francesco Bruni, Alessandro Genovesi, Giuliana Gamba e do também cartunista Igor Tuveri. Também apresenta uma nova geração de diretores com os premiados na Semana da Crítica do Festival de Veneza, como Guido Lombardi (2011), Claudio Noce (2020) e Mauro Mancini (2020) e Giuseppe Pedersoli, que após uma sólida carreira como roteirista e produtor se apresenta também como diretor trazendo na bagagem de vida a convivência com seu pai, o lendário Bud Spencer.

Em 2020, o evento chega à sua 15ª edição com exibição nacional, e se confirma como o maior e mais completo Festival do gênero do Brasil e o principal da América do Sul. A união de todas as seis Câmaras de Comércio Italianas no Brasil levará o festival a todo território nacional através de seus canais de difusão. União que simboliza o sentimento de ser italiano, de uma Itália que luta com todas as incertezas diante de uma nova pandemia e da luta por seus doentes, que chora pelos mortos, mas se levanta e com um slogan de força e esperança diz ao mundo: Tutto andrà bene!

Erica Bernardini
Curadora Artística e Diretora do Festival

Movie, TV Show, Filmmakers and Film Studio WordPress Theme.

Press Enter / Return to begin your search or hit ESC to close

By signing in, you agree to our terms and conditions and our privacy policy.

New membership are not allowed.